.

.

Mensagem do dia

08 maio 2017

Desabafo na rede

              Um olhar sobre a minha comunidade
                                    Circular Nº 5
                       
Hoje eu tive a certeza ( ainda restava alguma dúvidas), mas, por certo,  os  seres humanos são  medidos pelo tamanho dos seus atos...ações...gestos...palavras... e muitas outras coisas em que se possa pensar, tipo raça, cor da pele, escolaridade, gênero, nacionalidade  etc.. a fim de mostrar do que somos capaz de fazer em diferentes situações, quer bem ou mau. ...mas são medidos também pela falta de educação e respeito ao próximo.

Foge da minha maneira de ser julgar quem quer que seja, e pelo fato de assim proceder, seria eu também merecedora de julgamentos,  mas,  diante de uma situação constrangedora que perdura por algum tempo,  nada melhor que deixar claro o que por certo deve  está criando, modificando, interferindo na vida de alguém, já que estamos diante de uma ação vandalizada  de algum sem noção do que uma  boa vizinhança.

Diante da inversão de valores em  que estamos vivendo, o respeito foi aniquilado dentro da ética ...da moral e da educação domestica, se é que ainda ela possa ser aplicada os mais jovens diante das mudanças socioeconômicas, principalmente as educativas.

Diante da dificuldade que nós moradores da Av. juçara tínhamos em adentrar no referido local por conta de carros estacionados em frente, foi colocado uma vaso com planta no sentido de deixar livre o pequeno acesso, (já que tem como também impedimento, um poste de iluminação pública ali instalado), permitindo assim que a passagem fosse liberada para nós moradores da área.

Parece que não foi aceita essa solução, pois mesmo sem pernas, ele consegue mudar de posição a cada dia. 
A força mecânica de algum veículo, talvez  o proprietário esteja incomodado com a presença do vaso no local ,  não bastante deslocar o vaso ainda fiz o favor de danificá-lo.  Veja as fotos.

 Gostaria muito de entender o seguinte:
 A presença do vaso de plantas está comprometendo o ir e vir dos moradores da rua juçara?

Ele fica parado na frente da entrada da Avenida, não em porta de morador, muito menos interfere no estacionar dos carros dos meus senhores da referida rua.
Seria uma maneira de mostrar o verdadeiro caráter escondido em pele de “gente’?
Ter caráter satânico é gerar porcos e encaminha-los ao fundo do abismo, e quem se permite cooperar com o mau, serve de farelos do mesmo prato.

Não seria uma maneira de criar conflito por conta do que não ter coisa alguma mais importante a fazer?
Visto que na calada da noite e longe de outros olhos podemos fazer o que não nos é por direito?

O grau de mediocridade é tamanho que fica difícil  imaginar  em quem pode se deixar levar pelo instinto mau que prevalece na sua conduta tão pequena quanto a sua capacidade de entender que o mal por si só ...basta.

Seria alguma coisa de ordem pessoal?
Não gosta de mim? Faz por pirraça?
Sinto muito por você, não vou descer do meu pedestal,  e acredito que não posso fazer nada quanto a isso.

Alguma coisa que fiz desagradou? 
Pense que nem JESUS CRISTO agradou á todos.  
Peço desculpas e deixe minha planta em paz. 

A cuidadora dela sou eu e ela não pede nada a ninguém.  Não por orgulho, mas por ter a certeza de que por menor que seja e a beleza não lhe seja peculiar no momento, ela ajuda a purificar o ar que você respira, e faz a diferença onde está sem pedir nada em troca.

A natureza agradece e eu também.
Os assuntos falados nas quatro primeiras circular, não difere muito da quinta. São temas que sempre refere ao comportamento de pessoas que insiste em desvalorizar o lugar em que nós moramos. 
Não acho que exista um lugar “perfeito” para se viver, mas existe  um lugar adequado para sentir-se bem e ser feliz.  
E nós moradores da Avenida Juçara é só o que queremos.

Ah! Leia mais em “ um olhar sobre a minha comunidade” no blog no fim do arco Iris tem...
Acessando phenixbittencourt.blogspot.com
                                               Lyah de castro

Um comentário :

  1. Olá, querida Eliene!

    Ainda bem k você tem postado, ultimamente, É que uma pessoa pensa logo tanta coisa!
    Lhe deixei no post de Março, creio, umas 4/5 conversas, mas não obtive resposta. Fiquei preocupada, sinceramente, mas agora vi que você tem postado amiúde.

    Qto ao seu mais recente post, olhe nem tenho palavras pra comentar, As pessoas são de uma intolerância e brutalidade, que nem tenho como "classificar. Enfim, cada quql faz aquilo k mto bem entende e não há que Temer (rs). Me desculpe, a opinião, mas teu país, está precisando de voltar aos anos 60.

    Beijos e dias de tolerância e racionalidade.

    ResponderExcluir

Para você tudo de bom e um carinho sempre novo em agradecimento pela sua presença no fim do arco iris. Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...